Breaking news

Biografia DORIVÃ

Biografia DORIVÃ

 

Dorivan , o Passarim do Jalapão

Natural de Cristalândia-To,Dorivã iniciou sua carreira há 25 anos, tendo participado de várias coletâneas, festivais, seminários, projetos e eventos musicais no Tocantins; em outros estados e na Europa (França)representou a música tocantinense no projeto Ano do Brasil na França, realizado pelo Ministério da Cultura, com apoio regional do Governo do Tocantins.
Ao longo desses anos,vem desenvolvendo um trabalho maduro como cantor e compositor.Suas composições e pesquisas manifestam o estreito convívio com a cultura tocantinense, sempre centrado na base musical que é a música popular brasileira. O trabalho de Dorivã prima por uma poesia simples e densa, que se torna patente a partir do momento em que resgata e divulga, de forma envolvente e eficaz, suas raízes culturais tocantinenses, bem exemplificada na canção Passarim do Jalapão, uma espécie de hit parade regional, que dá título ao seu primeiro CD, gravado no Rio de Janeiro, com direção musical de Carlos Fuchs, participação do grupo carioca Pedro Luis e a Parede, mas foi com as canções Forró Traquino e Romeiro do Bonfim, amplamente veiculada pela TV Anhanguera (afiliada da Rede Globo) e emissoras do estado, que Dorivã se tornou regionalmente conhecido.
As canções caíram no gosto popular e as portas se abriram para o reconhecimento desse talento genuinamente tocantino.
Como compositor, firmou parcerias importantes com grandes nomes das letras e da poesia tocantinenses, tais como José Gomes Sobrinho, Gilson Cavalcante, Ronaldo Teixeira, Osmar Casagrande, Léo Pinheiro, J. Bulhões, Tião Pinheiro, entre outros.
Como ativista, Dorivã participou dos movimentos culturais do Estado desde os anos 90 e gravou, em 2005, em Fortaleza (CE), seu segundo trabalho – Num pé de serra – com direção e produção musical de Manassés de Souza, trazendo regravações de clássicos do forró pé-de-serra brasileiro.
Com a produção e direção de Luis Chaffin grava, em junho de 2007, seu terceiro trabalho com canções autorais em que reafirma ainda mais a sua identidade musical tocantina.
Dorivã navega numa diversidade musical digna do caldeirão sonoro que é a música popular brasileira e mostra ao público as riquezas culturais, artísticas e musicais do País via Tocantins.