Breaking news

A produtores rurais, Carlesse defende resgate da credibilidade e segurança jurídica no Tocantins

A produtores rurais, Carlesse defende resgate da credibilidade e segurança jurídica no Tocantins

 

O governador interino e candidato ao governo do Estado pela coligação Governo de Atitude, Mauro Carlesse (PHS), defendeu nesta sexta-feira, 11, o resgate da credibilidade do Estado, segurança jurídica e condições adequadas para que o setor do agronegócio possa crescer e aumentar seus potencial produtivo. Carlesse participou do 1º Encontro das Cadeias Produtivas do Tocantins, organizado pela Associação dos Produtores de Soja do Tocantins (Aprosoja).

O evento reuniu produtores e produtoras rurais de diversos segmentos do agronegócio, que puderam ouvir as propostas do candidato e tirar dúvidas sobre temas específicos de seus interesses. Na oportunidade, ele enfatizou a necessidade dos integrantes das cadeias produtivas do setor, do qual faz parte, buscarem seu espaço nas tomadas de decisões. “Não podemos nos omitir. O produtor não pode ser conduzido no que ele faz de melhor, que é a produção”, disse.

Carlesse defendeu a importância de reduzir os custos da máquina pública para garantir recursos para investimentos em projetos que resultem em melhoria para toda a sociedade. No que diz respeito ao agronegócio, destacou, por exemplo, a necessidade de investir em pavimentação de qualidade, para melhorar a malha viária e facilitar o escoamento da produção. “É um absurdo a falta de qualidade da pavimentação asfáltica que é feita no nosso Estado. Em menos de um ano de obra realizada, é necessário fazer tapa-buraco. É inaceitável. É possível fazer o mesmo serviço para durar por anos, pagando o mesmo valor”, destacou.

Na oportunidade, o candidato também se posicionou fortemente contrário ao aumento de encargos tributários e demais medidas que venham a inviabilizar a produção. Exemplo disso, são os altos custos dos serviços cartorários. “Considero um exagero. É preciso reduzir. Já existe um projeto sendo discutido no âmbito da Assembleia Legislativa e avalio que essa discussão precisa ser feita com o setor produtivo e a comunidade em geral, mas de antemão, especialmente no que diz respeito aos produtores, meu posicionamento é que precisa haver redução nos custos dos emolumentos para garantir a competitividade dos produtores rurais”, afirmou.

Aos produtores, Carlesse enfatizou os prejuízos que o Tocantins tem vivenciado, resultantes de tantas mudanças no comando do Executivo e apontou os riscos de mais uma mudança. “A continuidade deste Governo é fundamental para dar estabilidade ao Tocantins. Estou organizando o Estado para dar condições de trabalho, negociando com credores para trazer esta estabilidade”, finalizou.

—-

Coligação Governo de Atitude