Breaking news

  Nanda Costa diz que quer ter filho com Lan Lanh antes do 60 anos

Famosos

Nanda Costa diz que quer ter filho com Lan Lanh antes do 60 anos

Fábio Rocha/TV Globo

 

Nanda Costa e Lan Lanh participam do programa “Conversa com Bial”Imagem: Fábio Rocha/TV Globo

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

04/08/2018 07h32

A atriz Nanda Costa (31) e a percussionista Lan Lanh (50) foram entrevistas na noite desta sexta-feira (3) no programa “Conversa com Bial”. As duas falaram sobre seu relacionamento e as dificuldades que enfrentaram até se assumirem publicamente.

Na entrevista com Pedro Bial, as duas revelaram que o próximo passo é a maternidade. “Eu já passei dessa idade, mas posso ‘dar pilha. Estou tentando, inclusive'”, disse Lan Lanh. “Passei da idade de gerar. Sei que tem gente com mais de 50 que engravida, mas a minha vida foi corrida, foram 30 anos na batida. Mas agora eu tenho um grande motivo”.

Nanda Costa completou. “A gente quer. A gente quer”, disse. “Se tudo der certo, antes do 60 [anos], meu amor”, brincou a atriz.

Nanda Costa relembrou também da ocasião em que percebeu que gostava de mulheres. “Eu tive um namorado durante três anos e era super apaixonada por ele. Em um carnaval, em Paraty, durante o Bloco das Piranhas, eu comecei a vestir ele como mulher. Botei saia, maquiagem, blush. E ele ficou gata! Saímos de mãos dadas e durante o carnaval eu ficava elogiando ‘Nossa, como você tá gata. Foi aí que eu comecei a olhar diferente para as meninas”, disse.

O casal comentou também sobre preconceito e a dificuldade em se assumir homossexual. Já tinha essa vontade há muito tempo. Sempre me senti muito livre e quando vinha essa preocupação, não sabia como lidar. Tinha um medinho porque vivemos em um país muito preconceituoso”, disse Nanda.

A mãe atriz disse que foi um alívio quando Nanda assumiu o relacionamento. “Na verdade, foi um alívio ver elas assumirem. Porque tinha aquela pressão das pessoas em saber porque ela nunca namorava. Você fica sem saber o que falar. No dia do post, saí na cidade de peito estufado”, contou Patrícia Campos.