Breaking news

Advogado contrapõe argumento de Márlon e garante que acionou CNPJ responsável por contrato

Advogado contrapõe argumento de Márlon e garante que acionou CNPJ responsável por contrato

avaliar matéria

AdvogadoEnio Horst, da Gemma Propaganda e Marketing, no processo que cobra uma dívida de R$ 32 mil de Márlon Reis (Rede) remanescente da eleição suplementar, conversou com o CT na tarde desta terça-feira, 25, para rebater o principal argumento do político contra a medida. Segundo o novamente candidato a governador, a empresa teria que ter acionado o partido, e não ele. Acontece que, segundo o autor da ação, isto nunca aconteceu.

“Ele [Márlon Reis] falou que a ação foi direcionada para a pessoa errada, que não deveria ser para ele e sim à Rede Sustentabilidade. Mas como advogado, técnico, usando a minha tese, entrei com a ação contra o CNPJ [Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica] que fez o contrato. Inclusive, a nota fiscal que foi emitida no valor de R$ 50 mil é deste CNPJ. O processo está correto. Não teve erro, pelo contrário. Estaria entrando errado se tivesse colocado a Rede Sustentabilidade sozinha”, garantiu Enio Horst.