Breaking news

PRE pede cassação dos diplomas de Olyntho Neto e Tiago Dimas

PRE pede cassação dos diplomas de Olyntho Neto e Tiago Dimas

A Procuradoria-Regional Eleitoral (PRE) apresentou duas representações nesta quinta-feira, 20, para pedir a cassação dos diplomas de Olyntho Neto (PSDB), reeleito deputado estadual; e Tiago Dimas (SD), alçado à Câmara Federal no pleito de outubro. A informação é do Jornal do Tocantins. O CT busca a confirmação dos processos, que ainda não podem ser encontrados no Processo Judicial Eletrônico (PJe).

O pedido contra Olyntho Neto teria sido motivado pelo episódio em que seu irmão, Luís Rotoli, foi abordado em carro da Assembleia Legislativa do Tocantins (ALTO) junto com motorista Edilson Ferreira, assessor militar da Casa de Leis, com R$ 500 mil em espécie. Isto no dia 1º de outubro, mês da eleição. Já contra Tiago Dimas pesa o uso de R$ 1 milhão em recursos próprios na campanha, sendo que declarou apenas R$328.357,81 à Justiça Eleitoral.

Outras ações
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) também pediu a cassação do diploma da deputada federal reeleita Dulce Miranda (MDB) por ter transferido verbas destinadas a campanhas femininas para candidatos homens. O órgão do Ministério Público Federal (MPF) também quer que estender a punição Nilton Franco (MDB), Jair Farias (MDB) e Zé Haroldo (MDB), os beneficiários da transferência. Os dois primeiros foram alçados à Assembleia Legislativa.

336x280ad