Breaking news

“Prefeito quer aumento do IPTU a qualquer custo”, diz vereadora após derrubada de veto

“Prefeito quer aumento do IPTU a qualquer custo”, diz vereadora após derrubada de veto

Cristina afirmou que Iris desrespeitou a Câmara de uma maneira bastante arbitrária

Em sessão extraordinária, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) derrubou nesta segunda-feira, 14, o veto do prefeito Iris Rezende (MDB) ao projeto que impede aumentos no valor do IPTU. Com relatoria da vereadora Cristina, o projeto foi aprovado por unanimidade e segue para votação em plenário nesta terça-feira, 15.

“A derrubada do veto na CCJ foi fundamental para a nossa população que estava na expectativa de que conseguíssemos garantir o desconto no IPTU para os deflatores”, afirmou a relatora da matéria na CCJ, vereadora Cristina (PSDB).

Para a Dra. Cristina, o prefeito desrespeitou a Câmara de uma maneira bastante arbitrária ao tentar garantir que os deflatores não fossem aplicados. “Ele conseguiu o aumento do IPTU ano passado na justiça, desconsiderando a Casa e, mais uma vez, veta o nosso projeto em pleno recesso buscando garantir, a qualquer custo, o aumento que ele tanto almeja”.

A vereadora acredita que o projeto será aprovado por unanimidade mais uma vez. “Acho muito difícil que uma pessoa com um mandato popular vote contra a população. Seria um erro político grave”, avaliou.

Ao jornal Opção, a vereadora informou que o presidente da Câmara, Romário Policarpo (Pros), ligou para todos os vereadores e, apesar do recesso parlamentar, a votação da matéria terá quórum.