Breaking news

Pesquisa da CDL aponta que R$ 105 milhões deixaram de circular em Palmas devido a negativados

Pesquisa da CDL aponta que R$ 105 milhões deixaram de circular em Palmas devido a negativados

Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmas em junho e divulgada nesta terça-feira, 23, levantou dados sobre o número de pessoas com o nome negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito na Capital. Conforme a entidade, há 47.164 CPF’s [Cadastro de Pessoa Física] negativados no município, que representam R$ 105.436.461,96 que deixaram de circular na economia.

Empréstimo do nome e inadimplência

De acordo com o levantamento, 39,2% dos consumidores já emprestaram seus documentos e 64,2% das pessoas que utilizaram o nome de outro emprestado para compras a prazo não arcaram com a dívida. Dos consumidores palmenses que vieram até a CDL e constataram que estavam inadimplentes, 24,4% afirmam que não foram eles próprios que fizeram a dívida, mas que foram negativados por emprestarem seus documentos.

Cautela

No material da assessoria, o presidente da CDL Palmas, Silvan Portilho, orienta que os consumidores pensem muito bem antes de emprestar seus nomes para amigos e conhecidos. “Sabemos que muitos veem essa atitude como solidária, mas é preciso ter em mente que isso pode causar prejuízos financeiros para quem de fato arca com a dívida. Aquele que empresta acaba se tornando responsável por uma dívida que não é dele, mas que se não for paga acarreta em problemas sérios como inadimplência e restrição ao crédito”, explica

336x280ad