Breaking news

Escola JK de Colméia aproveita a horta para disseminar conhecimentos sobre alimentação saudável

  • Seduc/Governo do Tocantins

01/11/2019 – Josélia de Lima/Governo do Tocantins

Visualizar na prática as lições que uma horta escolar pode repassar para os estudantes, a equipe da Escola Estadual Juscelino Kubitscheck, localizada no distrito de Goiani dos Campos, a 15 km de Colméia, construiu uma horta. Como a instituição é uma escola do campo, a horta foi transformada num laboratório de aprendizagens. A ação faz parte do Projeto Juntos por uma alimentação saudável.

A diretora Diana Rodrigues da Cunha Oliveira explicou que a horta faz parte da disciplina Saberes e Fazeres do Campo. “É uma ação que está dando muito certo, com os produtos da horta está sendo possível agregar valores nutricionais à merenda escolar, e quando a produção é maior do que a necessidade escolar, esse excedente é compartilhado com as famílias dos estudantes”, esclareceu.

Com a horta está sendo possível estudar conceitos de educação ambiental, de produção orgânica,  e aprender a utilizar os espaços para a produção, a escolher as sementes que devem ser plantadas, a valorizar o trabalho realizado em equipe e disseminar saudáveis hábitos alimentares.

O Projeto está sendo executado de forma multidisciplinar com o envolvimento, principalmente,  dos professores de Biologia e Geografia. O professor Valdilei Costa de Brito, que leciona a disciplina Saberes da Terra, enfatizou o envolvimento dos alunos. “Os estudantes participam de todo o processo, desde o preparo da terra a escolha das sementes, cuidam da limpeza e da colheita. O mais importante é que as experiências adquiridas na horta, os alunos compartilham com a família e com a comunidade. É uma parceria que temos com a comunidade, servidores e alunos”, ressaltou.

Além disso, os estudantes aprendem a observar a influência do clima para as plantas, a variedade de espécies, a ter noções de espaços e de irrigação. O estudante Carlos Eduardo disse que aprendeu sobre o ciclo das plantas. “Temos uma consciência para cuidar da horta, de irrigar, de produzir adubos orgânicos utilizando vegetais e legumes. Hoje, a horta está bonita graças à colaboração de todos”, frisou.

Os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também contribuem com a horta. Eles recebem orientação da professora Marcia Rodrigues da Cunha e são responsáveis para cuidar das mudas. Também é uma grande parceira do projeto a professora Selma Menezes de Almeida.

Outra pessoa que aprendeu a cuidar da horta com zelo é a servidora Maria do Amparo de Sousa Parente, ela consegue novas sementes e mudas. “Maria do Amparo é muito dedicada, nos momentos de folgas, está sempre cuidando das plantas”, comentou a diretora Diana.

Cuidando do ambiente

Outra iniciativa adotada pela escola foi a revitalização dos espaços vazios da escola, com a plantação de gramas, rosas e outras espécies de plantas floríferas. “Com isso, os ambientes da escola ficaram mais alegres, belos e aconchegantes. Percebemos que se os estudantes estão cuidando dos jardins, eles aprendem a valorizar e a preservar mais”, frisou o professor Valdilei.

 

 

336x280ad