Breaking news

Polícia Militar lança Patrulha Maria da Penha e Companhia de Operações de Divisas em Gurupi

Polícia Militar lança Patrulha Maria da Penha e Companhia de Operações de Divisas em Gurupi

01/11/2019 – Luana Barros/Governo do Tocantins

  • Chefe do estado-maior da PM lança a Patrulha Maria da Penha e a Companhia de Operações e Divisas (COD), em Gurupi

    Polícia Militar/Governo do Tocantins

  • Companhia de Operações e Divisas (COD) foi criada para combater a criminalidade nas rodovias do Estado

    Polícia Militar/Governo do Tocantins

  • Solenidade ocorreu no pátio do 4º BPM, em Gurupi

    Polícia Militar/Governo do Tocantins

A Polícia Militar realizou na tarde dessa quinta-feira, 31, na cidade de Gurupi, a solenidade de lançamento da Patrulha Maria da Penha (PMP) e da Companhia de Operações e Divisas (COD). O evento aconteceu no pátio do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), com a presença do chefe do estado-maior da Polícia Militar do Tocantins, coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça.

A finalidade da Patrulha Maria da Penha é proteger a mulher em situação de violência doméstica e familiar. As equipes da PMP acompanham as vítimas para que a medida protetiva de urgência seja obedecida. Na região sul do Estado, Gurupi é a primeira cidade a receber essa modalidade de policiamento.

O juiz da Vara Especializada da Mulher, Ademar Alves de Souza Filho, declarou que já era interesse do poder judiciário que a Patrulha da Maria da Penha fosse implantada no município, pois nem sempre os agressores cumprem a medida protetiva. “Graças à atuação dos comandantes hoje a patrulha da mulher é uma realidade. Com isso as mulheres de Gurupi serão mais protegidas”, disse o juiz.

O chefe do estado-maior da PM esclareceu que a PMP não tem como objetivo atender ocorrências de violência doméstica, mas prestar assistência às mulheres que foram vítimas de agressão e receberam a medida protetiva.

Além da PMP, foi destaque na solenidade a implantação da 4ª Companhia de Operações de Divisas da PM, pertencente ao Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED). A COD visa potencializar as ações de combate ao crime na plataforma rodoviária tocantinense, tais como, roubo a veículos de carga, roubo a veículos de transporte de valores, roubo à instituição financeira, tráfico de entorpecentes, contrabando, entre outros.

O coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça informou que a COD é altamente especializada e armada, preparada para atuar em crimes de grande periculosidade. “Sabemos que as rodovias são porta de entrada para o cometimento de uma série de delitos e com a COD, estabelecemos uma ferramenta eficaz e eficiente, garantindo segurança pública com mais qualidade”, afirmou o chefe do estado-maior da PM.

Presenças

Prestigiaram a solenidade o subsecretário chefe da Casa Militar, coronel Álon Nery Amaral; o juiz de Direito da Vara Especializada da Mulher, Ademar Alves de Souza Filho; a juíza de Direito Cibele Maria Bellezia; o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira; o prefeito de Alvorada,  Paulo Antônio de Lima;  a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Rodoviária Lúcia Leiko; o comandante do BPMRED, tenente-coronel James Matos Duarte; o comandante da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), tenente-coronel Fioravan Teixeira, vereadores de Gurupi e demais oficiais e praças da Corporação.

336x280ad