Breaking news

Rodovia que é rota para escoação de grãos no sul do estado está intransitável

Por TV Anhanguera

 


00:00/03:07

Agricultores enfrentam dificuldades em escoar grãos em lavouras próximas à TO-481

Agricultores enfrentam dificuldades em escoar grãos em lavouras próximas à TO-481

As chuvas esperadas pelos produtores rurais deram o crescimento para as lavouras plantadas na zona rural de Dueré, no sul do estado. Só que as estradas rurais não estavam preparadas e muitos trechos estão ficando intransitáveis. Essa é exatamente a situação da TO-481.

A estrada liga Dueré ao assentamento Loroty e ao povoado Capão de Coco, em Lagoa da Confusão. A esperança de asfalto praticamente não existe, mas os produtores rurais cobram a manutenção da via. “Faz 30 anos que a gente mora aqui e sempre pensa que vai melhorar, mas nunca melhora. Todo ano é esse sofrimento para escoar a safra”, disse o produtor rural Paulo Rogério Copetti.

A rodovia é muito importante para as atividades produtivas da região. Além da pecuária, grãos como arroz, soja e feijão, precisam ser transportados. No começo do próximo ano a circulação de veículos de carga deve aumentar porque a safra começa a ser escoada.

A preocupação dos produtores é que as péssimas condições da rodovia resultem em prejuízo. “Fazendo uma conta pequena: a gente produzindo 120 mil sacos, dividindo por 500 sacos cada carreta, vai ser em torno de 240 caminhões. Aí você imagina 240 caminhões para escoar essa mercadoria, indo e voltando se torna 480 caminhões. Não ter estrada para isso fica complicado”, disse o produtor Dheividy Borges Fernandes.

Rodovia está cheia de atoleiros na região sul do Tocantins — Foto: Reprodução/TV AnhangueraRodovia está cheia de atoleiros na região sul do Tocantins — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Rodovia está cheia de atoleiros na região sul do Tocantins — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Para evitar esses transtornos um dos fazendeiros conta que tira o maquinário da fazenda para fazer a manutenção em alguns pontos da estrada. Os vizinhos colaboram com o combustível.

Só que os problemas não são apenas econômicos. O produtor Lídio Copetti conta que em menos de um mês três pessoas, inclusive ele, se acidentaram em uma ponte de madeira que está com a estrutura danificada. “Cai dentro do buraco. De noite, chovendo. Tá muito preocupante”, disse.

Outro lado

O Governo do estado disse que o trecho da TO-481 não está na programação orçamentária para ser pavimentado, mas que uma equipe de manutenção vai até o local para fazer os reparos e informou que ainda nesta semana a ponte vai passar por restauração.

336x280ad