Breaking news

STJ derruba liminar e Sérgio Camargo poderá assumir Fundação Palmares

STJ derruba liminar e Sérgio Camargo poderá assumir Fundação Palmares

A recondução do jornalista à presidência do órgão, no entanto, vai depender da nova secretária especial da Cultura, Regina Duarte

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou a liminar que suspendia a nomeação do jornalista Sérgio Camargo para a presidência da Fundação Palmares. O presidente do STJ, João Otávio de Noronha, acatou pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) sobre uma decisão da Justiça Federal do Ceará que suspendeu a nomeação de Camargo.

Militante de direita e autodeclarado “contrário ao vitimismo e ao politicamente correto”, Sérgio Camargo comemorou a decisão em suas redes sociais. “Caiu a liminar que me afastou da presidência da Fundação Cultural Palmares. Serei reconduzido ao cargo. Grande dia!”, escreveu no Twitter.

A recondução do jornalista à presidência, no entanto, vai depender da nova secretária especial da Cultura, Regina Duarte, que assumiu o cargo no lugar de Roberto Alvim. A atriz deve dar a palavra final sobre a permanência de Camargo na função, já que ele foi indicado pelo ex-secretário, demitido após a divulgação de um vídeo em que copiou trechos de discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda na Alemanha Nazista.

 

Desde que foi nomeado, no final de novembro de 2019, Sérgio Camargo enfrentou uma série de reações, especialmente por conta de seu posicionamento político. Em suas redes sociais, ele nega a existência de racismo, motivo pelo qual condena datas como a da Consciência Negra e, também, a importância do nome de Zumbi dos Palmares para a história brasileira.

Vinculada à Secretaria Especial da Cultura, a Fundação Cultural Palmares tem como missão reforçar a cidadania, a identidade e a memória dos segmentos étnicos dos grupos formadores da sociedade brasileira, além de fomentar o direito de acesso à cultura e à indispensável ação do Estado na preservação das manifestações afro-brasileiras.

336x280ad