CULTURA

1º Salão Artes online para Adiar o Fim do Mundo

0

Exposição de artes visuais online é opção de programa cultural durante pandemia

O 1° Salão “Artes para adiar o fim do mundo”, com curadoria do tocantinense Vone Petson e, promovido pelo site da Casa Visual Galeria, é uma exposição de artes visuais que conta com a participação de 49 artistas brasileiros e um artista alemão. Fazem parte da exposição os artistas tocantinenses: Álvaro Maia, Amanda Leite, Leo Perotto e Lia Testa.

 

De acordo com Petson, o Salão surge com objetivo promover, incentivar e divulgar a produção de expressões artísticas relacionadas às categorias de pintura, desenho, gravura, arte digital, fotografia, colagem, mixed media, performance, videoarte e GIF’s exibidos de forma virtual durante esse período de pandemia.

 

“Devido a disseminação do novo coronavirus (COVID-19) e de sua natureza contagiosa, a recomendação é que fiquemos em regime de quarentena. Pensando nesse momento de isolamento social a Casa Visual Galeria desenvolveu um evento onde as pessoas não precisem sair de casa para apreciar uma mostra de arte e dessa forma dar continuidade ao circuito das artes visuais no estado do Tocantins”, explica o idealizador  e curador da mostra, Vone Petson..

 

Com classificação livre a exposição abriu no dia 05 de maio e segue aberta à visitação até o dia 30 de setembro através do site:www.casavisualgaleria.com.

 

Sobre o salão

 

O título da mostra, “Artes para adiar o fim do mundo” e, a escolha das obras, tiveram como base conceitual o livro “Ideias para adiar o fim do mundo”, do líder indígena Ailton Krenak. O livro é uma parábola sobre os tempos atuais, por um dos maiores pensadores indígenas brasileiro, da atualidade.

 

Neste livro, Krenak critica a ideia de humanidade como algo separado da natureza, como afirma ele: uma “humanidade que não reconhece que aquele rio que está em coma é também o nosso avô”. Essa premissa estaria na origem do desastre socioambiental de nossa era, o chamado Antropoceno. Daí que a resistência indígena se dê pela não aceitação da ideia de que somos todos iguais. Somente o reconhecimento da diversidade e a recusa da ideia do humano como superior aos demais seres podem ressignificar nossas existências e refrear nossa marcha insensata em direção ao abismo.

 

Sobre o curador

Vone Petson Pereira Branquinho é natural de Porto Nacional, bacharel em Filosofia, licenciado em História, Pós-graduando em Museografia e Patrimônio Histórico, artista visual, promotor cultural e curador independente. Presta serviços no SESC como curador e promotor cultural desde 2008, realizando exposições de artistas do Tocantins e dos demais estados da Federação e eventos voltados para as Artes Visuais.

 

Criador da primeira Mostra de Performance Arte do Estado do Tocantins o “Convergência: Mostra de Performance Arte do Sesc que reúne performers de vários Estados da federação e do primeiro projeto permanente de site specific ao ar livre do Tocantins “Projeto Arte ao Cubo”, inaugurado em junho de 2011 e que recebe a cada três meses uma nova exposição.

 

Serviço

Evento: 1° Salão Artes Para Adiar o Fim do Mundo

Duração: 05 de maio a 30 setembro de 2020

Visitação através do site: www.casavisualgaleria.com

Mais informações: (63) 9 9983-1696 ou

galeriacasavisual@gmail.com

Angel Lima

Jornalista / fotógrafa

DRT/TO – 0341

@angellimafotoart

(63) 9 9216-9825

Comments

Comments are closed.

Login/Sign up