MPE pede proibição de comícios e carreatas em Lajeado, Miracema e Tocantínia por causa da Covid-19

O Ministério Público Eleitoral (MPE) ingressou com uma ação para impedir que candidatos de Lajeado, Miracema do Tocantins e Tocantínia realizem atos de campanha em forma de carreata e comício. O processo foi apresentado pelo promotor João Edson de Souza nesta terça-feira, 12, com pedido de liminar. A principal razão para o pleito é o desrespeito que estes eventos às recomendações sanitárias exigidas neste período de pandemia do novo coronavírus. “O cenário inviabiliza a realização de quaisquer atos que gerem grandes aglomerações”, resume.

Coronavírus na 5ª Zona Eleitoral

Os três municípios da 5ª Zona Eleitoral somam nesta pandemia 1.144 casos confirmados de Covid-19, sendo que Miracema do Tocantins tem 691 diagnósticos, com 9 evoluindo a óbito; Tocantínia soma 395 pessoas contaminadas, mas com cinco não resistindo à doença; e Lajeado não registrou mortes, mas tem 58 casos. As informações são do Boletim Epidemiológico desta terça-feira, 13.