Breaking news
Danilo540 (1)

Corpo encontrado é do advogado desaparecido; ele foi executado com dois tiros na nuca OAB/TO diz que espera uma apuração rigorosa das autoridades para que o caso seja elucidado e o responsável preso RAIMUNDA CARVALHO, DA REDAÇÃO29 de J

Corpo encontrado é do advogado desaparecido; ele foi executado com dois tiros na nuca

OAB/TO diz que espera uma apuração rigorosa das autoridades para que o caso seja elucidado e o responsável preso

RAIMUNDA CARVALHO, DA REDAÇÃO29 de Jul de 2017 – 18h25, atualizado às 19h24
COMPARTILHE
Foto: Divulgação
Danilo Sandes Pereira estava desaparecido desde as 9 horas de terça-feira

O resultado do exame de papiloscopia realizado pelo Instituto Médico Legal (IML), de Araguaína, confirmou que o corpo encontrado na manhã deste sábado, 29, é do advogado Danilo Sandes Pereira, 30 anos. Ele estava desaparecido desde terça-feira, 25. O velório e o enterro de Pereira vão ocorrer no cemitério Jardim das Paineiras, em Araguaína. O horário ainda não foi definido. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional do Tocantins, decretou luto oficial de três dias.

De acordo com o titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), José Rérrison Macêdo, o corpo do advogado, que foi encontrado por um adolescente debaixo de uma árvore, estava apenas de cueca, em avançado estado de decomposição e tinha dois tiros na nuca. “Lamentamos com grande pesar, mas cumprimos o dever de informar a família araguainenese que o corpo encontrado é do advogado”, confirmou o delegado.

De acordo com delegado, a Polícia Civil (PC) trabalha com três linhas de investigação. Contudo, não pode adiantar nada devido o inquérito tramitar em segredo de justiça.

Familia
Uma pessoa da família gravou um áudio onde diz que Pereira era uma rapaz correto, honesto, digno e trabalhava. “Ele se formou com muita dificuldade, estava montando o escritório dele e estava noivo. Independente do que ocasionou essa maldade que fizeram com ele, ninguém merece passar o que ele passou. Você sabe o que é para um pai e uma mãe enterrar um filho sem direito a velório? Olhar para o filho em decomposição e não o reconhecer?. A dor que a minha família está passando é muito grande. Ser humano nenhum merece um fim trágico desse e mais sendo um ser humano de bem com ele era” desabafou;

OAB
Por meio de nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Tocantins e a Ordem em Araguaína, dizem que esperam uma apuração rigorosa das autoridades para que o caso seja elucidado e o responsável (ou responsáveis) preso (os).

A nota diz ainda que o corpo do advogado tinha marcas de lesões, sangue e até marcas de queimaduras.

“Tivemos total apoio das autoridades. Confiamos na polícia e nas forças de segurança para que tudo seja esclarecido. Aos familiares, deixamos aqui os nossos mais sinceros votos de força neste momento de dor imensurável”, destacou o presidente da OAB/TO, Walter Ohofugi.

Leia a íntegra da nota da OAB
“Depois de cinco dias de angústia, aflição, esperança e tristeza, a pior das notícias se confirmou para advocacia: morador de Araguaína, o advogado Danilo Sandes Pereira, 30 anos, foi brutalmente assassinado. O corpo do advogado foi encontrado a 18 quilômetros da cidade, próximo do entroncamento com Babaçulândia. Em estado muito avançado de decomposição, o corpo tinha marcas de lesões, sangue e até marcas de queimaduras.

Em clima de pesar, a OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) e OAB em Araguaína esperam uma apuração rigorosa das autoridades para que o caso seja elucidado e o responsável (ou responsáveis) preso (os). Durante estes cinco dias, a Secretaria de Segurança Pública, através da Polícia Civil, e a Polícia Militar, deram total apoio à advocacia nas investigações e no trabalho para localizar o corpo. A Polícia Civili confirmou o assassinato neste sábado, 29 de julho.

“Tivemos total apoio das autoridades. Confiamos na Polícia e nas forças de segurança para que tudo seja esclarecido. Aos familiares, deixamos aqui os nossos mais sinceros votos de força neste momento de dor imensurável”, destacou o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi.

Atuante nos trabalhos de buscas por Danilo Sandes desde o início da comunicação do desaparecimento, o presidente da OAB Araguaína, José Quezado, disse estar profundamente triste com a confirmação da tragédia. “Hoje é um dia de tristeza para toda nossa categoria. Jovem, Danilo Sandes tinha uma carreira pela frente que foi cruelmente interrompida”, frisou Quezado.