Breaking news
katia-abreu-na-faet-2

Senadora Kátia Abreu registra candidatura à reeleição para presidência da Faet e enfrentará oposicionista Nasser Iunes

Senadora Kátia Abreu registra candidatura à reeleição para presidência da Faet e enfrentará oposicionista Nasser Iunes

Apesar de ter anunciado há alguns meses que não seria candidata, a parlamentar decidiu nesta segunda-feira encabeçar a chapa. Chapa de oposição tem como candidato diretor do SRA, Nasser Iunes.

Imagem

Duas chapas disputam eleição da Faet; votação ocorre no dia 20 de outubro (foto: Assessoria de Comunicação)
A senadora e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet), Kátia Abreu (PMDB-TO), registrou a chapa como candidata a reeleição na entidade. Outra chapa registrada tem como candidato o agropecuarista Nasser Iunes, diretor do Sindicato dos Produtores Rurais de Araguaína (SRA). A votação será no dia 20 de outubro. Pelas regras do pleito, os nomes serão avaliados e caso ocorra pedido de impugnação, os nomes podem ser alterados.

Apesar de ter dito, em entrevista ao Norte Agropecuário, há alguns meses que não seria candidata, a parlamentar decidiu nesta segunda-feira encabeçar a chapa. Kátia Abreu anunciou que tem apoio de 31 dos 40 presidentes de sindicatos que têm direito a voto. Uma foto foi divulgada pela assessoria da ex-ministra da Agricultura numa das reuniões que fez com os dirigentes dos sindicatos. Esta segunda-feira foi intensa de reuniões na residência da senadora, em Palmas. Seu candidato a vice é Paulo Carneiro, atual vice-presidente da Faet, que nesta segunda-feira chegou a falar como candidato.

CHAPA DE OPOSIÇÃO 

A chapa “Casa dos Produtores” foi a primeira a ser registrada para a disputa da eleição da Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet). Conforme protocolo da comissão eleitoral da entidade, a chapa que tem o agropecuarista Nasser Iunes como candidato a presidente foi registrada às 16h31.

“Nossa diretoria é formada por presidentes e vice-presidente de sindicatos rurais, ex-presidentes, diretores e ex-diretores destes com conhecimento e dedicação ao setor produtivo. São tão valorosos quanto os outros atuais presidentes que não figuram na mesma [chapa]”, disse o candidato.

O candidato, após o registro, declarou que o grupo enfrenta o que classifica de “clientelismo dentro da federação”. “Devido a sermos uma chapa de oposição enfrentamos o clientelismo dentro da federação, a opressão junto a alguns presidentes de sindicatos, inclusive alguns simpáticos a nossa proposta. O que inviabiliza a termos mais presidentes na chapa, porem muitos estão com a gente. A votação é secreta e com certeza muitos estão com a gente”, complementou.

Compõem a chapa como vice-presidentes o presidente do Sindicato Rural de Paraíso do Tocantins, José Antônio Rodrigues (primeiro vice-presidente), a conselheira da ABCZ (Associação Brasileira de Criadores de Zebú), Andrea Noleto Stival (segunda vice-presidente).

São, ao todo, 22 integrantes da chapa. O grupo conta ainda com o presidente do Sindicato Rural de Palmas, Antônio Jorge, o líder ruralista de Colinas, Adriano Rabelo, atual prefeito da cidade, e o ex-secretário da Agricultura do Estado, Ruiter Pádua.

ALGUMAS PROPOSTAS 

A reforma estatutária é uma das principais propostas da chapa de oposição. As mudanças previstas são: estabelecer o fim da reeleição e determinar renúncia da direção em caso de algum membro da entidade dispute cargos eletivos. O mandato único a presidentes outra proposta.

Essa última é uma das propostas que chama a atenção. A medida é inspirada na 22ª Emenda à Constituição dos Estados Unidos. Porém, mais rígida que a norma norte-americana aprovada em 1947, que prega: nenhuma pessoa poderá ser eleita mais de duas vezes para o cargo de presidente. No caso da chapa de Nasser, a ideia, caso seja aprovada, permitirá que cada gestor tenha apenas um mandato.

Capacitação dos dirigentes, realização de cursos e aproximar a entidade dos sindicatos e produtores são outras medidas propostas pelo grupo. Na área de gestão, uma prioridade e estabelecer melhor relação institucional da Faet com os poderes e órgãos públicos.A chapa da situação não divulgou ainda suas propostas.

CONFIRA A COMPOSIÇÃO DAS CHAPAS:

A CHAPA “CASA DOS PRODUTORES”
Presidente: Nasser Iunes (foto acima)
1º vice-presidente: José Antônio Pires
2º vice-presidente: Andrea Stival
1º secretário: José Ronaldo de Oliveira
2º secretário: Ruiter Luiz Andrade Padua
1º tesoureiro: Raimundo Nonato Pessoa da Silva
2º tesoureiro: Antônio Jorge Godinho
Conselho Fiscal:
Gilmar Gonçalves Ferreira
Marcelo Dominici Ferreira
Wanderson Wilnam Barbosa
Renato Bassani Coelho
Baltazar Rodrigues

CHAPA 2
Presidente: Kátia Abreu (foto acima)
1º vice-presidente: Paulo Carneiro
2º vice-presidente: Saddim Bucar Figueira
1º secretário: Eurípedes Martins Costa
2º secretário: João Batista de Oliveira Neto
1º tesoureiro: Carlos Ribeiro Soares
2º tesoureiro: Ricardo Rosa da Silva
Conselho Fiscal:
João Carlos Martins
Renato Freitas Júnior
José Rander Lopes
Luiz Dias Carneiro
Jackson de Souza Lima