Breaking news
Vanderlan-e-José-Eliton

Governo de Goiás Vanderlan Cardoso diz que José Eliton está mais definido como candidato do que Ronaldo Caiado

Vanderlan Cardoso diz que José Eliton está mais definido como candidato do que Ronaldo Caiado

Empresário afirma que percebe o senador do DEM como muito dependente do PMDB de Daniel Vilela 

O empresário Vanderlan Cardoso diz que sua prioridade é a expansão da Cicopal (as vendas cresceram 34,5% este ano), no momento, mas tem discutido política com aliados. “Não estou, porém, discutindo a vice de José Eliton ou a possibilidade de disputar qualquer outro cargo” (é cotado para a disputa de mandato de deputado federal). “Tenho conversado com o vice-governador José Eliton, pré-candidato a governador pelo PSDB, e admito que tenho apreciado suas posições e ações. Seu discurso é positivo e firme. Ele sabe o que é preciso para ampliar a modernização de Goiás e tem chance de ser eleito, tal a envergadura do trabalho que vem fazendo, ao lado governador Marconi Perillo, em todo o Estado.”

Sobre a senadora Lúcia Vânia, Vanderlan afirma que a tendência é que dispute a reeleição. O empresário recebeu, recentemente, o senador Ronaldo Caiado para uma conversa. “Caiado espera que o PMDB o apoie. Eu lhe disse que o PMDB deve ter candidato a governador e que o nome será o de Iris Re­zende. Insisto que a composição do secretariado do prefeito de Goiânia é mais de candidato do que de gestor. Achei o senador muito de­pen­dente do PMDB. Um político precisa ser candidato com ou sem apoio de outro partido. Quem é candidato a governador não pode titubear. José Eliton, por exemplo, está firme, articula e não arreda pé de suas posições. Na base governista não há plano ‘B’, só plano ZE, que dizer, Zé Eliton. E ele será candidato já como governador, quer dizer, será muito forte. A base governista é sólida.”

Quanto à economia do país, Vanderlan Cardoso afirma que a crise processou uma espécie de depuração. “Em­presas cujos donos desviavam recursos do negócio principal e trabalhavam mais com financiamento de bancos permanecem em crise. No nosso caso, estamos fazendo aquisições, quer dizer, em expansão. No geral, a fase ‘cinza’ está passando e há setores que estão se recuperando. A economia voltou a crescer.”