Breaking news
JonathanRosa860x480

Palmas Solar recebe 1ª adesão de empresa de energia fotovoltaica a aderir a programa

Palmas Solar recebe 1ª adesão de empresa de energia fotovoltaica a aderir a programa

Unità Soluções Sustentáveis atua há mais de quatro anos no mercado de Palmas

DA REDAÇÃO23 de Oct de 2017 – 15h34, atualizado às 17h52
COMPARTILHE
Foto: Regiane Rocha
Para empresário Jonathan Rosa, adesão ao programa desonera os impostos e permite aos clientes adquirir produtos e serviços

A Unità Soluções Sustentáveis, que atua há mais de quatro anos no mercado de Palmas, é a primeira empresa especializada em energia fotovoltaica a aderir ao Programa Palmas Solar. Na manhã de sexta-feira, 20, o empresário e sócio-proprietário da empresa, Jonathan Rosa, assinou com a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Extraordinária de Projetos, Captação de Recursos e Energia Sustentáveis, um Termo de Compromisso oficializando adesão, que garante à empresa descontos de 80% no Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) durante dez anos.

Para Jonathan Rosa, que recebeu o Selo Solar das mãos do secretário da pasta, Fábio Frantz Borges, a adesão ao programa desonera os impostos e permite aos clientes adquirir produtos e serviços com preços mais acessíveis. “Com a redução da alíquota do pagamento do imposto de ISSQN, de 5% para1%, podemos repassar aos clientes serviços e produtos com preços mais acessíveis”, ressaltou.

“A adesão desta primeira empresa é um incentivo para que moradores e empresários da Capital invistam no modelo de geração de energia sustentável”, afirmou o secretário Fabio Frantz Borges, lembrando que a adesão da empresa ao Palmas Solar é um avanço nas políticas públicas de energias sustentáveis.

O Palmas Solar estabelece uma série de incentivos para quem adotar o projeto de conversão de energia fotovoltaica em residências, comércios ou indústrias. Os descontos chegam a até 80% no IPTU, por cinco anos. Assim como também no Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), na primeira transferência de imóvel, e no Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), para a empresa responsável pela prestação de serviço.

Para participar do programa e receber benefícios, as empresas ou profissionais autônomos devem desempenhar atividades exclusivamente na área de projetos, obras e instalações destinadas à fabricação, comercialização e distribuição de componentes para os sistemas de energia solar, além de serviços de instalação, operação e manutenção dos sistemas de energia solar. (Com informações da secom Palmas)