Breaking news
379014_600x450

Profissionais da Saúde encerram curso de liderança para gestores

Profissionais da Saúde encerram curso de liderança para gestores

10/11/2017 – Aldenes Lima/Governo do Tocantins

Segundo o Secretário, Marcos Musafir, a próxima etapa é a multiplicação do conhecimento adquirido

Josy Karla/Governo do Tocantins

No total cem gestores da SES foram certificados pela participação do curso

Análise de comportamentos, ampliação da capacidade de oratória, potencialização das habilidades e o desenvolvimento da liderança foram os pontos abordados no Curso de Liderança para Gestores, oferecido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a organização Panamericana de Saúde (Opas). A capacitação oferecida aos diretores de hospitais, gerentes e superintendentes das áreas técnicas da pasta, foi encerrada na tarde desta sexta-feira, 10, com a entrega dos certificados, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas.

No total cem gestores da SES foram certificados pela participação do curso que começou em 23 de agosto deste ano. Segundo o titular da pasta, Marcos Musafir, a próxima etapa é a multiplicação do conhecimento adquirido pelos líderes. “Esperamos que cada participante leve o que aprendeu para suas vidas e que ao chegarem as suas repartições, realizem movimentos e reuniões e repassem o que aprenderam, pois conhecimento deve ser compartilhado. Quem guarda o que aprende só pra si, não colabora com a humanidade”, reforçou o gestor.

O especialista em gestão de pessoas e instrutor do curso, Rafael Santos explicou que a saúde é feita de processos e pessoas. “O processo depende da expertise do profissional e trâmites do serviço público, mas pessoas dependem de liderança, e liderança envolve comunicação. O foco é entender as pessoas, como elas funcionam, e trabalhar do jeito delas, na linguagem delas, da maneira como elas se motivam de verdade, porque não adianta o gestor/líder ter uma comunicação única, se existem várias pessoas, e cada uma com um perfil diferente. Então no curso foi trabalhado o perfil das pessoas com o perfil comportamental, oratória, capacidade de comunicação para cada perfil, técnicas de planejamento, técnicas de liderança, como motivar e conduzir e como ter uma comunicação clara”, finalizou Rafael Santos.

Para o diretor executivo do Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos, Eduardo Nóbrega, “o curso despertou para o conhecimento que em muitas vezes já é conhecido, porém não se conseguiu até então extrair para a aplicabilidade. Ele leva ao autoconhecimento, ao questionamento da sua base interior, e faz com que através do entendimento psicoemocional, e por meio da neurolinguística você consiga uma mudança comportamental e de atitude diante das atividades do dia a dia, fazendo enxergar coisas que não eram percebidas antes. Isso nos dá uma capacidade administrativa muito maior, e com uma capacidade de relacionamento com os colaboradores que nos leva a ter o sucesso na administração”, afirmou.

O diretor administrativo do Hospital Infantil de Palmas, Carlos Eduardo Francisco da Silva, relatou que a capacitação o ajudou a ter um olhar diferenciado para as pessoas. “A capacitação mudou o meu olhar em relação às pessoas com quem trabalho e também me ajudou a ter autonomia e autocontrole em situações de pressão, para que não deixe as pessoas sem respostas e que estas respostas sejam sempre adequadas”, disse.

Segundo a superintendente de Vigilância, Promoção e Proteção à Saúde, Liliana Fava, “a proposta do curso é levar as nossas lideranças motivação para que extraiam de si e de seus companheiros de equipe suas capacidades proativas que muitas vezes desconhecem. Conscientes dessas capacidades, é possível aprimorá-las e usar em prol da população assistida”, enfatizou.